Pregador e família sofrem perseguição por comunistas da China
03/11/2021 13:30 em Notícias

Um pregador e sua família da Early Rain Covenant Church, uma igreja-casa muito perseguida na província de Sujuão, no sudoeste da China, que sofrem continuamente com perseguição pelas autoridades comunistas, estão sendo assediados em sua casa.

De acordo com um relatório, Dai Zhichao, líder de um pequeno grupo da ERCC na cidade de Chengdu, e sua família acordaram com batidas na porta e ao abrirem a mesma encontraram apenas uma mensagem grafitada que dizia “pague sua dívida”.

A fechadura na porta estava cheia de cola, e às 10 da manhã, alguém cortou sua energia. Ao ligar para o escritório de gestão da comunidade, Dai conta que mentiram para ele dizendo que havia um problema no circuito, a eletricidade retornou apenas sete horas depois.

Há mais de dois anos, as autoridades ordenaram que a igreja de 5.000 membros fosse fechada, arrombaram as portas das casas de membros da igreja e líderes e prenderam mais de 100 pessoas.

 

Segundo um relatório, a polícia continua a assediar e rastrear os membros do ERCC hoje. De acordo com The Christian Post, na semana anterior, a polícia deteve Dai e toda sua família por mais de dez horas. Dai ainda relatou o assédio contínuo durante uma reunião da igreja.

Nos últimos anos, houve um aumento nos ataques e assédio a cristãos, com  milhares de igrejas danificadas, confiscadas ou destruídas. A Open Doors estima que a China tem mais de 97 milhões de cristãos, muitos dos quais adoram em igrejas subterrâneas não registradas ou “ilegais”, como o ERCC.

onte: https://www.gospelprime.com.br/

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!